quinta-feira, 4 de maio de 2017

Exposição de trabalhos do CRIFZ na Biblioteca

Durante este mês de maio não perca na sala polivalente da Biblioteca Municipal Dr. António Baião de Ferreira do Zêzere a exposição e venda de trabalhos dos utentes do Centro de Recuperação Infantil de Ferreira do Zêzere.
Venha ver e valorizar o trabalho destes artesãos ferreirenses tão especiais.
 




 
 
 
O Centro Recuperação Infantil de Ferreira do Zêzere, constituído como Associação por escritura de 25/10/78, onde se encontram exarados os respetivos Estatutos e publicado no Diário da República nº 284 III série em 12/12/78, iniciou a sua atividade em Janeiro de 1980 com o objetivo de promover o apoio, a prevenção e recuperação das crianças e jovens com deficiência mental, em ordem ao seu pleno desenvolvimento na família e comunidade – criando a Valência Socioeducativa. Esta Instituição, tem tentado dar uma resposta quantitativa e qualitativamente superior à população alvo de que se ocupa; assim, após levantamento da população deficiente do Concelho (dados de 1988), surge a necessidade de criar uma nova valência em Abril de 1994 para dar resposta a jovens e adultos com idade superior a 16 anos, portadores de deficiência mental grave - Centro de Catividades Ocupacionais.

Trata-se pois de uma Instituição que pretende adequar as suas formas de intervenção/Acão às necessidades que vão emergindo na população deficiente mental/multideficiente deste Concelho e suas famílias.

Nesta Acão a Instituição tem sempre podido contar com o total apoio de todos os serviços locais e Autarquia deste Concelho, bem como com a comunidade em geral, tendo-nos preocupado sempre em exercer esta Acão de uma forma concertada e integrada.

Desta articulação inter-serviços e da nossa experiência do trabalho com este tipo de população e suas famílias, sentimos a necessidade de uma unidade residencial, que desse resposta, quer aos utentes que já tínhamos integrados no Centro, quer a algumas situações problemáticas de que tínhamos conhecimento na comunidade, para as quais o sistema de semi-internato era insuficiente.

Após recurso aos fundos do PIDDAC, através do Centro Distrital de Segurança Social de Santarém, bem como à fundamentação técnica, foi construída de raiz a Unidade Residencial, que iniciou o seu funcionamento em Maio de 2001.

Além destas Respostas Sociais, foram ainda protocoladas com o Centro Distrital as seguintes: Intervenção Precoce e Creche Familiar e C.A.F.A.P.
Em finais de 2007, foi ainda implementada a Unidade de Saúde de Medicina Física e Reabilitação, a fim de dar resposta ao nível de cuidados de Fisioterapia, não só aos nossos utentes, como à população do Concelho, através de protocolos celebrados com vários serviços, com várias seguradoras.

Tal como referido anteriormente, a Instituição ao longo de quase 30 anos de existência, sempre pautou a sua atuação pelo bem estar da população deficiente, bem como integrar-se da melhor forma na comunidade, envolvendo-se em todos os Projetos de Solidariedade Social. Assim, pertence à:

Rede Social do Concelho, tendo um elemento técnico representado no Núcleo Executivo
Pertence desde a sua criação à Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Ferreira do Zêzere;
Faz distribuição alimentar no âmbito do Programa Comunitário de Apoio Alimentar a Carenciados;
Fornece refeições aos alunos de Escolas e Jardins de Infância do Concelho que não possuem esse serviço, de acordo com Concurso Público efetuado pelo Município de Ferreira do Zêzere ;
Ainda dentro desta parceria, promove o Alargamento de Horário do Jardim de Infância de Ferreira do Zêzere - Componente de Apoio à Família.
Neste momento está em curso a reconversão da Valência Socioeducativa, em Centro de Recursos para a Inclusão, no âmbito da Lei nº 3/2008, de 07 de Janeiro.
Damos também, no âmbito da Proteção Civil, apoio logístico (alimentação), não só diária, aos elementos destacados para a prevenção de Fogos Florestais na época de verão, como nas situações de emergência e ainda disponibilizamos as instalações à comunidade para eventos desportivos e sociais.
Para concluir, podemos afirmar que o CRIFZ é uma Instituição aberta e completamente integrada na comunidade. Com instalações que se destacam por ser um espaço sem barreiras arquitetónicas, com salas espaçosas e onde a luz natural é a verdadeira fonte de iluminação.

Homenagem ao Dr. Silvério Cadete

Este sábado a partir das 15h00 decorrerá na Biblioteca Municipal Dr. António Baião de Ferreira do Zêzere uma homenagem póstuma ao Dr. Silvér...